Primeiro leiam esse link que foi tirado das notícias do TERRA:

http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5663036-EI308,00-Prisao+israelense+traumatiza+criancas+palestinas+diz+relatorio.html

Depois leiam (por favor) esse enxerto do Dicionário Filosófico de Voltaire:

TOLERÂNCIA

 (retirado de http://www.ebooksbrasil.org/eLibris/filosofico.html#73)

Que é a tolerância?

É o apanágio da humanidade. Estamos todos empedernidos de debilidades e erros; perdoemo-nos reciprocamente nossas tolices, é a primeira lei da natureza.(…)

(…) Os judeus não queriam que a estátua de Júpiter estivesse em Jerusalém; mas os cristãos não admitiam que estivesse no Capitólio. Sto. Tomás tem a boa fé de convir em que, se os cristãos não destronavam os imperadores, é que o não podiam fazer. Sua opinião era que toda a terra devia ser cristã. Eram portanto inimigos de toda a terra, até que esta se convertesse.

(…) O povo judeu era, reconheço, um povo bastante bárbaro. Degolavam sem piedade todos os habitantes de um desgraçado e pequeno país sobre o qual não tinham mais direito do que sobre Paris e Londres. Entretanto, quando Naamã é curado de sua lepra por se haver banhado sete vezes no Jordão; quando, para testemunhar sua gratidão a Eliseu, que lhe ensinou esse segredo, conta-lhe que adorava o Deus dos judeus por reconhecimento, reserva-se a liberdade de adorar também o Deus de seu rei; pede licença a Eliseu, e o profeta não hesita em conceder-lha. Os judeus adoravam o seu Deus; mas nunca se admiraram de que cada povo tivesse o seu. Achavam muito natural que Camoes concedesse um certo distrito aos moabitas, contanto que o seu Deus também lhes desse um. Jacó não hesitou em desposar as filhas de um idólatra. Labão tinha seu Deus assim como Jacó tinha o seu. Eis belos exemplos de tolerância entre o povo mais intolerante e cruel de toda a antigüidade: nós o imitamos em seus furores absurdos, e não em sua indulgência.

 É claro que todo indivíduo que persegue um homem, seu irmão, porque não é da sua mesma opinião, é um monstro. Isto está fora de dúvidas. Mas o governo, mas os magistrados, mas os príncipes, como deverão proceder para com indivíduos que têm um culto diferente do seu? (…) As perseguições criam prosélitos;(…) Insensatos, que jamais soubestes render um culto puro ao Deus que vos criou!

Concordo em tudo, exceto na existencia de deus.

Sou ATEU por saber que meu amor ao próximo não é fruto do fato de ser TEMENTE ou  CRENTE. DEMENTE ou CRETINO.

Mas meu desprezo e desafeto tem suas fundações bem antes de saber da opinião do Voltaire…

 

“O preconceito é uma opinião sem julgamento. Assim em toda terra inspiram-se às crianças todas as opiniões que se desejam antes que elas as possam julgar.”

– Voltaire, Dicionário Filosófico.

Anúncios